FAQs

É possível controlar uma pessoa usando a hipnose?
Não, em hipnose o individuo fica mais sugestionável mas continua consciente e não aceitará a sugestão com a qual não concorda.

Porque é que os tratamentos com hipnose funcionam onde outras técnicas falham?
Funcionam porque lidam directamente com as causas, enquanto outras técnicas lidam apenas com os sintomas.


Quantas sessões são necessárias para resolver o meu problema?

A hipnoterapia está vocacionada para obter resultados rápidos, procurando resolver os problemas o mais rápido possível, no entanto, tudo depende da pessoa e do problema. Na generalidade, os pacientes sentem algumas mudanças num curto espaço de tempo.


O que se pode sentir quando se é hipnotizado?

Normalmente sente-se uma maravilhosa sensação de relaxamento físico e mental. Uma sensação de paz e de profunda tranquilidade.

Lembramo-nos de tudo o que se passou durante a sessão?
Sim, pois o transe hipnótico é apenas um estado alterado de consciência.

A Hipnoterapia substitui a medicina convencional?
Claramente a Hipnoterapia não substitui a medicina. Se o paciente tiver um problema de saúde, deve consultar o seu médico e informar o hipnoterapeuta da medicação prescrita, bem como do respectivo diagnóstico.

Quais são as vantagens de se aprender auto hipnose?
Aprender auto hipnose permite que uma pessoa sozinha dê a si própria as sugestões que quiser, é uma excelente forma de eliminar o stress, pode ser usada em qualquer altura em qualquer lugar e em muito pouco tempo. Também é ensinado para permite o controle da dor, sendo usada para ensinar uma mulher a ter um parto sem dor, ou simplesmente a eliminar temporariamente uma dor de cabeça.

É possível perder peso usando hipnose?
Basicamente ganha-se peso quando se consome mais calorias do que se gasta, mas então a pergunta que se põe é porque existem pessoas que não conseguem comer a quantidade certa? Normalmente trata-se de um mecanismo de defesa inconsciente, tratando a causa de forma a que o mecanismo deixe de ser necessário faz-se com que a vontade de comer descontroladamente cesse, e é muito mais eficaz do que pedir a alguém que siga uma dieta.


Como se podem tratar doenças crónicas através de hipnose?

O subconsciente funciona como um computador, corre o programa que lhe tiver sido introduzido, se dentro de nós existirem sentimentos como ressentimento, raiva, culpa etc… Então irá correr um programa de autodestruição já que estes sentimentos nos “corroem” por dentro.
Muitas vezes não temos consciência destes sentimentos mas eles estão lá dentro, perante esta programação o subconsciente procura a forma mais fácil de executa-la se existe uma propensão genética para uma doença então será esse o meio usado, por outras palavras esse mecanismo vai despoletar uma reacção que de outra forma provavelmente permaneceria latente durante toda a vida. Através de hipnose pode-se não só lidar com os sintomas, dor etc.., como também em muitos casos inverter o processo e conseguir uma cura completa.

Alguns fenómenos acontecem apenas em estados profundos de hipnose?
Sabe-se hoje ser este um pressuposto erróneo, visto não haver necessidade de atingir estados médios ou profundos para ocorrer a hipnoterapia. A hipnose é somente uma alteração específica de maneira induzida da forma de pensar da pessoa, a qual estará articulando sua realidade individual em termos de hipermnésia, progressão de idade e outras, este pensar alterado pode ocorrer em maior ou menor intensidade e/ou esforço.


Qual a diferença entre Hipnose e sonho?

No sonho e no transe há um pensar intenso sobre algo com articulações mais ou menos escolhidas. A única diferença clara entre ambos é que no sonho a pessoa está de fato dormindo, enquanto que no transe a pessoa está acordada, embora os processos de pensar intensamente sejam os mesmos, há no transe maior possibilidade de controle, por parte do paciente (na medida em que percebe estar num transe) e/ou do hipnoterapeuta.

Hipnose é “programação mental”?
A hipnose e o transe podem ser uma forma de “programação mental”, no sentido de alteração da forma como o indivíduo raciocina a sua realidade individual, dependendo do conteúdo transmitido e comunicado, consequentemente, alterando o sentimento (sendo neste caso, resultado do impacto do pensamento sobre o corpo). Esta alteração da articulação da realidade de cada pessoa pode ser feita de forma terapêutica ou não.


Quem pode ser hipnotizado?

Teoricamente todas as pessoas podem ser hipnotizadas, visto que a hipnose é o nome dado a um ou mais raciocínios específicos do pensamento. Sendo por vezes mais difícil e ou até mesmo contra-indicado em pacientes que apresentem dificuldades de fixação da atenção e/ou manutenção de um raciocínio lógico.

O paciente pode não voltar da hipnose e ficar preso?
Não, visto que na hipnose e no transe há um aumento da actividade de apreender e/ou raciocinar, gerando um grande gasto de energia física, consequentemente produzindo cansaço. Sendo assim é difícil para o paciente manter este estado durante muito tempo.

Estar hipnotizado significa estar inconsciente?
Há aqueles que até desejam ficar inconscientes para que “todos os seus problemas lhes sejam tirados”. Na verdade, o transe hipnótico é caracterizado por uma dissociação consciente/inconsciente, onde a consciência está presente, e é desejável que esteja, para participar no processo de cura. Por estar vivenciando uma experiência agradável, eventualmente a pessoa pode não se lembrar de tudo o que foi falado, porque ficou distraída com pensamentos, imagens ou sons.


É possível confessar segredos mesmos sem querer enquanto estou hipnotizado?

Mesmo em transe profundo a mente conserva um sentido de vigilância que protege a integridade da pessoa. Na hipnose Ericksoniana raramente a pessoa é convidada a falar. O inconsciente é capaz de resolver silenciosamente os conflitos mais profundos.

Corro o risco de não voltar do transe?
Se, eventualmente, por estar numa experiência muito agradável ou num transe mais profundo, a pessoa não aceitar a sugestão de voltar do transe, basta deixá-la mais algum tempo, e naturalmente, o transe hipnótico se transforma em sono fisiológico e ela acorda.

Devo ter medo de ser dominado pelo Hipnoterapeuta?
Não.
O hipnoterapeuta é apenas um facilitador, um companheiro de viagem, alguém que está ao lado enquanto o inconsciente da pessoa trabalha.


A hipnose pode criar dependência?

Um hipnoterapeuta cuidadoso tem sempre o dever de dar sugestões pós-hipnóticas de autonomia e liberdade.

A Hipnose pode ser prejudicial ao individuo?
O inconsciente é sábio e protector, e absorve apenas aquilo que é saudável e útil. Naturalmente, como a hipnose é uma poderosa estratégia de comunicação com o inconsciente, só deve ser usado por pessoas devidamente treinadas, competentes e éticas.

Hipnose é regressão?
Hipnose não é regressão. A regressão é apenas um fenómeno hipnótico que pode ser usado quando necessário. Como dissemos antes, a hipnose é um fenómeno psíquico, um estado especial da mente que permite acções terapêuticas das mais diversas.